Diario de Pernambuco

Presos suspeito de assalto ao Banco do Brasil de Casa Caiada
Redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR
27/01/2010 | 15h07 | Polícia

Compartilhar no Facebook  Compartilhar no Twitter Enviar por e-mail Imprimir

Presos suspeito de assalto ao Banco do Brasil de Casa Caiada
Imagens: TV Clube/PE


Presos suspeito de assalto ao Banco do Brasil de Casa Caiada. Imagem: Anamaria Nascimento/Aquipe/D.A Press
Imagem: Anamaria Nascimento/Aquipe/D.A Press
Presos suspeito de assalto ao Banco do Brasil de Casa Caiada. Imagem: Anamaria Nascimento/Aquipe/D.A Press

A polícia prendeu um dos homens suspeitos de participar do assalto a uma agência do Banco do Brasil, que aconteceu na última segunda-feira, no bairro de Casa Caiada, em Olinda. As investigações da Delegacia de Repressão do Roubo apontaram que o homem faz parte de uma quadrilha que já atuou em outros assaltos a banco no estado.

Gleison Kleber da Silva, o "Klebinho", de 29 anos, foi apresentado na tarde de hoje pela delegada Patrícia Soledade, que está responsável pelo caso. O acusado foi preso na manhã dessa terça-feira. Por volta das 10h, ele foi detido na rua onde mora, no bairro de Caixa D‘água, em Olinda.

O suspeito é um dos principais membros da quadrilha especializada e foi responsável pelo arrombamento da porta do banco na hora da fuga. "No momento do assalto, ele entrou na agência e rendeu os vigilantes, permitindo que os outros integrantes entrassem no local", informou a delegada Patrícia Soledade.

Gleison foi o primeiro entre os dez suspeitos que participaram da ação a ser preso. "Outros quatro elementos já foram identificados e estão com mandado de prisão expedido", esclareceu a delegada. Os outros cinco homens que também assaltaram o banco ainda estão sendo procurados.

O grupo é responsável por assaltos a outros bancos no estado. Em dezembro de 2009, a quadrilha levou R$ 121 mil de uma agência do Banco Itaú, no bairro da Encruzilhada. No mesmo mês, ele assaltaram o Banco Bradesco de Carpina, no interior do estado, e levaram cerca de R$ 77 mil. Neste ano, assaltaram a agência do Banco Itaú na Imbiribeira e levaram R$ 46 mil.

O acusado nega que tenha agido com o grupo e se diz inocente. "Fui preso porque as pessoas têm inveja de mim. Sou comerciante e não tenho nada a ver com essa história", afirmou. A imagem de Gleison não foi registrada pelas câmeras de segurança do banco, mas ele foi reconhecido pelos vigilantes da agência.

Gleison Kleber da Silva não tem antecedentes criminais e não reagiu à prisão.  Ele vai ser encaminhado ao Centro de Observação Crimonológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, Região Metropolitana do Recife (RMR).

Por Anamaria Nascimento, do AquiPE, especial para o DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR





Galeria de imagens
Veja a galeria do dia


BD

Imagens do Dia
Veja a galeria do dia
Roosewelt Pinheiro/ABr/D.A Press
Roosewelt Pinheiro/ABr/D.A Press
28|05|2012 - Supremo nega indenização a Cachoeira por declarações à imprensa

Leia a matéria


Outras notícias